A Ciência atua do muito pequeno ao muito grande.

A Ciência atua do muito pequeno ao muito grande.

Seja Bem-Vindo

Este blog é de conteúdo totalmente científico e educativo. É constituído por artigos científicos ou relacionados à variados campos do saber (como política, filosofia ou sociologia, entre outros) que têm como objetivo a divulgação do conhecimento.


"O poder da humanidade que criou este imenso campo do saber há de ter forças para levá-lo ao bom caminho". (Bertrand Russel, filósofo e matemático inglês do século XX)



quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Louis Pasteur e a Estereoquímica




A estereoquímica é um muito importante ramo da química. Ela procura avaliar as propriedades das substâncias, em função da posição relativa dos átomos nas moléculas, quando estas fazem parte de gases ou líquidos, ou das posições de átomos ou moléculas dentro de sólidos.


A estereoquímica deve muito ao grande cientista francês Louis Pasteur (1822-1895), que, entre 1843 e 1849, investigou intensamente os ácidos tartárico e racêmico. Ambos eram obtidos a partir dec tártaros, depósitos que formam-se nos barris de vinho. O químico alemão Eilhard Mitscherlich (1794-1863), aluno do grande químico sueco Jöns Jacob Berzelius (1779-1848), mostrou que os dois ácidos têm a mesma densidade e seus sais metálicos têm a mesma estrutura cristalina. A partir dessas constatações, Berzelius o conceito da isomeria. A descoberta mais importante foi a de que o ácido tartárico desvia o plano da luz polarizada e o ácido racêmico, não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário