A Ciência atua do muito pequeno ao muito grande.

A Ciência atua do muito pequeno ao muito grande.

Seja Bem-Vindo

Este blog é de conteúdo totalmente científico e educativo. É constituído por artigos científicos ou relacionados à variados campos do saber (como política, filosofia ou sociologia, entre outros) que têm como objetivo a divulgação do conhecimento.


"O poder da humanidade que criou este imenso campo do saber há de ter forças para levá-lo ao bom caminho". (Bertrand Russel, filósofo e matemático inglês do século XX)



quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Edwin Hubble e a Expansão do Universo







Quando o físico alemão Albert Einstein (1879-1955) elaborou sua Teoria da Relatividade, afirmando que o campo gravitacional que os corpos produzem é conseqüência do dobramento que eles causam no espaço, ele propôs que com isso poderia-se calcular o tamanho do Universo. Porém, para tal fato, Einstein afirmou que o Universo deveria ser constante e as galáxias estáticas. Todavia, por decorrência de uma incrível descoberta, foi constatado que Einstein estava errado. Essa descoberta foi a constatação de que o Universo está em constante expansão.



Na década de 1920, o grande astrônomo norte-americano Edwin Powell Hubble (1889-1953) conseguiu observar que as galáxias estão se afastando umas das outras. Por meio da detectação das ondas eletromagnéticas vindas de algumas galáxias, Hubble percebeu que em determinada ocasião a freqüência e o comprimento de onda dessas ondas tinha um determinado valor, porém, em uma detecção após certo período de tempo, a freqüência tinha um valor menor , o que acarretava em uma aumento do comprimento de onda. Existe um efeito relacionado com o estudo das ondas, denominado efeito doppler (em homenagem ao seu descobridor, o físico austríaco Christian Doppler), que afirma que, quanto maior a distância que uma onda percorre, menor torna-se sua freqüência e, por conseqüência, maior se torna seu comprimento de onda. Conclui-se, então, que as ondas eletromagnéticas vinda dessas galáxias, teve que percorrer uma distância maior. Isso mostra que essas determinadas galáxias estão afastando-se da Via Láctea.


Essas observações serviram de base para a formulação da Teoria do Big Bang, proposta pelo físico ucraniano George Gamow (1904-1968). Salientando-se que se as galáxias estão se afastando, pressupõe que, em um certo período de tempo, estavam concentradas em um só ponto.

Um comentário:

  1. muito interesante,eu adorei a matéria,eu gosto muito de ciência e gosto muito do EDWIN HUBBLE.

    ResponderExcluir